VIDROS TEMPERADOS

 

O vidro temperado é considerado um vidro de segurança, pois quando fraturado se fragmenta em pequenos pedaços, com arestas menos cortantes que o vidro comum. Tem resistência mecânica cerca de quatro a cinco vezes superior à do vidro comum. Entretanto, depois de acabado, não permite novos processamentos de cortes, furos ou recortes. Até mesmo opacificações podem reduzir a resistência do material. 
Os vidros temperados são amplamente utilizados em box e instalações com ferragens. 
As normas brasileiras para uso de vidro na construção civil indicam que o vidro comum só pode ser instalado a partir de 10cm acima da cota do piso. Para envidraçamento abaixo desta cota deve-se especificar vidros de segurança. Vitrines, portas ou divisórias que não possuam proteção adequada também devem utilizar vidros de segurança. 
Durante o processo de fabricação, o vidro temperado é submetido a um tratamento térmico de têmpera, que torna este tipo de vidro mais resistente a choques mecânicos e térmicos, preservando suas características de transmissão luminosa e de composição química. No processo de têmpera, o vidro é submetido a aquecimento controlado que eleva sua temperatura a cerca de 650º C e , logo em seguida, passa por resfriamento brusco, resultando em um choque térmico responsável pelo aumento de sua resistência mecânica. 
 O processo de têmpera horizontal, com os vidros transportados em roletes evitam marcas de pinças características da têmpera vertical em suas laterais. O sistema de têmpera horizontal também permite a produção de vidro temperado em grandes chapas e pequenas espessuras. 
As opções de cores de vidros temperados são : 

Float : Incolor, verde, cinza, marrom e azul  (espessuras 4 ,5 ,6 ,8 e10 mm); 


Impresso: Pontilhado e Dunas Antilope (espessuras 8 e 10mm); 
Algumas das instalações com  vidros temperados são : 

Porta Blindex de Abrir, Portas Blindex de Correr, Janela Blindex, Sacadas e Varandas, Box Blindex.